Polícia

HOMICÍDIO EM OLÍMPIA! Interno de clínica de dependentes químicos mata outro de 41 anos com golpes de caneta no pescoço!

HOMICÍDIO EM OLÍMPIA! Interno de clínica de dependentes químicos mata outro de 41 anos com golpes de caneta no pescoço!

HOMICÍDIO EM OLÍMPIA! Trata-se infelizmente do primeiro Homicídio do ano na cidade e desejamos que seja o único...

Primeiros minutos da madrugada desta quarta-feira de cinzas e chega na redação do GRUPO24HORAS a triste notícia do que seria o primeiro Homicídio do ano.

VEJA A LIVE REALIZADA POR "JULIÃO PITBULL" NO LOCAL DO CRIME:

Segundo o que apuramos ainda de forma extra-oficial, por enquanto, o crime ocorreu durante uma desavença entre internos do local, uma clínica de tratamento de dependentes químicos, localizada no prolongamento da Avenida Antonio Benfati, distrito industrial I de Olímpia, quase na esquina da Estrada da Prainha.

Consta que o autor, Matheus Maffei de Freitas, 20 anos, de posse de uma caneta teria inserido a mesma no pescoço da vítima, que também pelas primeiras informações consta ser Ueverton Inacio Pedro, 41 anos de idade, que acabou morrendo ali mesmo no local.

Imediatamente a Polícia Militar de Olímpia foi acionada juntamente com uma equipe do SAMU de Olímpia para constatar o óbito no local para a que Polícia Técnico-científica pudesse ser acionada.

No local, pela equipe do SAMU de Olímpia compareceram os socorristas Natália, Técnica de Enfermagem; Leonardo também Técnico de Enfermagem e o motorista e também socorrista Ademir.

Constatada a morte da vítima, eles deixaram o local que ficou sob a guarda da Polícia Militar de Olímpia, com apoio de equipes da Guarda Civil Municipal, sob o comando no local do coordenador Gilberto e comando geral Major Rodrigues.

Pelo Grupo24Horas, o jornalista e repórter policial Julião Pitbull, que esteve ao vivo no local, tentou contato com o comando da Polícia Militar no local, o qual não sabemos o nome, enviando três pedidos de informações, mas, o comandante no local, não sabemos o motivo - se é que tinha algo à esconder – teria nos informado através de funcionários, que não sairia para dar informações do ocorrido.

Funcionários da clínica também tentaram interceptar nosso trabalho alegando terem sido ordenados pela PM, mesmo o jornalista estando apenas na rua, o que não foi aceito em hipótese alguma já que exercíamos ali apenas o nosso direito de trabalhar e informar, afinal, além de não invadirmos a propriedade, nem mesmo a calçada, estávamos a frente de um Homicídio, o primeiro (e esperamos que seja o único) deste ano, lamentavelmente em Olímpia.

Mesmo com todo esse aparato e as negativas de informações por parte da PM de Olímpia - já que o único que nos atendeu gentilmente no local, como sempre, foi o coordenador da Guarda Civil Municipal de Olímpia, Gilberto, a quem agradecemos pela gentileza de pelo menos nos atender - finalizamos o nosso trabalho trazendo os detalhes iniciais do crime para nossos milhares de leitores, aos quais nunca sonegamos informações, em hipótese alguma – exceto se for um pedido para evitar que se atrapalhe as investigações, o que não era o caso ali.

Friso, não entendemos as negativa da PM em nos atender, mas respeitamos a decisão e deixamos o local ao finalizarmos o nosso trabalho, infelizmente, sem ouvir a PM que era comando geral e responsável ali no local do crime.

Uma das viaturas que estava no local saiu levando uma pessoa no banco traseiro, também não conseguimos informações se era ou não o autor do crime, Matheus.

Outro dado importante é que a vítima já tem passagens pela polícia e inclusive já teria sido presa e teria saído em 2023.

Mais tarde, de posse do BO PC, informaremos todos os detalhes do caso. AGUARDE!

OS FATOS SEGUNDO O BO PC

Segundo o registro do caso no plantão policial em Barretos, os policiais militares apresentaram o jovem preso em flagrante e informaram que:

foram acionados via COPOM para comparecerem no local dos fatos, uma clínica de reabilitação, onde havia acabado de acontecer um Homicídio e que ao chegarem no eles encontraram a vítima caída no chão e o autor já contido.

Testemunhas no local relataram que

no período da manhã houve uma discussão entre o indiciado e vítima. No final da noite, quando todos já dormiam nos quartos, o autor Matheus, de posse de uma caneta, enfiou uma caneta no pescoço da vítima Ueverton que acabou indo a óbito ali mesmo no local. Em seguida o próprio autor do crime avisou um funcionário da clínica que havia cometido o crime...

Com a chegada dos policiais no local, o autor recebeu voz de prisão em flagrante por crime de Homicídio Consumado, artigo 121 do código penal brasileiro, sendo o mesmo colocado em uma viatura enquanto era feita a preservação do local pela própria PM enquanto era aguardada a chegada da Perícia.

Autor e testemunhas foram conduzidos ao plantão policial em Barretos onde o caso foi registrado como Homicídio consumado.

Após analisar o caso, o delegado do plantão, Dr. César Aparecido Martins, ratificou a prisão em flagrante do autor pelo crime de Homicídio.

Após o registro do flagrante, o autor Matheus foi levado para a Cadeia Pública de Colina onde ficou preso e à disposição da Justiça.

Matheus deve passar por audiência de custódia nesta quarta-feira onde será decidido o futuro dele, provavelmente a cadeia.

Com a chegada da Perícia no local, o corpo foi periciado e em seguida levado para o IML de Barretos. De lá deve ser liberado para que os familiares providenciem o velório e sepultamento da vítima.

PRESTARAM APOIO NO LOCAL DO CRIME

Além da PM de Olímpia, também compareceram e apoiaram no local dos fatos equipes da Guarda Civil Municipal de Olímpia, sobo comando do Coordenador Gilberto, SAMU de Olímpia composta pelos socorristas Natalia, Leonardo e Ademir.

AGUARDE INFORMAÇÕES SOBRE VELÓRIO E SEPULTAMENTO DA VÍTIMA...

Outras notícias

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites