Saúde

OLÍMPIA - DENGÁRIO registra queda nos atendimentos a pacientes com sintomas de Dengue

OLÍMPIA - DENGÁRIO registra queda nos atendimentos a pacientes com sintomas de Dengue

Após meses de avanço da dengue em todo o país, Olímpia começa a registrar queda no atendimento a pacientes com sintomas da doença. A melhora no quadro epidemiológico é comprovada pelo levantamento da Saúde com relação ao fluxo do Dengário.

Em operação desde o dia 08 de março, a unidade, implantada para oferecer suporte médico exclusivo de moradores com sintomas leves de dengue, já realizou mais de 6 mil atendimentos nesses três meses.

Segundo balanço da Vigilância Epidemiológica, o mês de maior fluxo foi o de maio com 2.329 atendimentos registrados, sendo o pico no dia 15 de maio, com 131 pacientes. Em março, a unidade atendeu 1.337 pessoas e, em abril, foram 2.098.

Com isso, desde a segunda quinzena de maio, o Dengário passou a apresentar redução nos números diários, sendo o menor fluxo registrado nesse domingo, dia 09 de junho, com apenas 14 atendimentos. O balanço parcial de junho contabiliza 304 pacientes atendidos, o que indica a queda.

O Dengário funciona todos os dias da semana, inclusive aos sábados e domingos, das 07h às 18 horas. A unidade fica no complexo do ARE (Postão).

Devem procurar a unidade moradores acima de 15 anos que apresentem sintomas leves da doença, como febre, diarreia, dores no corpo, dores de cabeça, vômito e vermelhidão no corpo. Ao todo, Olímpia registra 3.057 casos positivos de dengue neste ano.

De acordo com o secretário de Saúde, Marcos Pagliuco, a secretaria de Saúde segue acompanhando o desempenho do Dengário com a previsão de que, com a diminuição dos atendimentos, a unidade funcione até o fim deste mês de junho para que, posteriormente, o local possa ser adequado para implantação definitiva do Centro de Saúde da Mulher, conforme proposta inicial do prefeito Fernando Cunha.

FURQUIM

Outras notícias

FURQUIM
Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites