Trânsito

OLÍMPIA - Estacionamento Municipal e obras de infraestrutura urbanística começam às margens da Avenida Aurora Forti Neves

OLÍMPIA - Estacionamento Municipal e obras de infraestrutura urbanística começam às margens da Avenida Aurora Forti Neves

Pensando ainda nas obras estruturantes para a cidade, novas ruas e avenidas estão sendo projetadas, integrando o contorno viário já em andamento, com o objetivo de melhorar o fluxo de veículos e a mobilidade urbana.

Novos projetos da Prefeitura da Estância Turística de Olímpia estão em andamento para melhorar a infraestrutura urbanística e de mobilidade da cidade. Um deles é o Estacionamento Municipal planejado que teve sua construção iniciada nas proximidades da Avenida Aurora Forti Neves, na lateral do parque Thermas dos Laranjais.

Segundo a proposta, o local terá capacidade para acomodar mais de mil veículos além de 300 ônibus e vans, em dois platôs, compondo uma estrutura que atenderá a demanda crescente do município e irá desafogar o trânsito na região, principalmente, nos períodos de alta temporada, em que a cidade registra alto fluxo de veículos e há déficit de vagas para estacionar, dificultando a mobilidade urbana.

Em visita recente à área do estacionamento, o prefeito Fernando Cunha explicou que as obras foram iniciadas com a escavação da área com o maquinário da própria Prefeitura para reduzir custos e adiantou também os planos futuros de construção de uma arquibancada para 5 mil pessoas com espaço para shows e eventos no mesmo local.

“Nós observamos outras cidades turísticas que crescem muito e se criam congestionamentos, então por isso a gente pensou nessa obra, para o futuro de Olímpia. Adquirimos aqui oito alqueires, antes que não tenha mais área para se fazer um grande estacionamento e parte dele também será destinado a um espaço para receber grandes eventos que fazemos hoje no estacionamento do Thermas, que quase não comporta mais e aqui poderemos receber um público de até 40 mil pessoas, com arquibancada e espaço aberto”.

Ainda de acordo com o prefeito, para as obras, foram retiradas árvores invasoras da área, as chamadas leucenas, mas o projeto prevê a preservação da área verde nativa, com criação também de um novo Bosque Urbano, com pista de caminhada, ciclovia e espaço de lazer para as famílias.

“As margens do Córrego do Matadouro já foram escavadas no passado para escoamento da água em época de cheias, evitando alagamentos, por isso, é importante mantermos os rios abertos para prevenir enchentes. Então, aqui não será feita nenhuma rua, será deixado um espaço gramado para o maquinário poder fazer este trabalho de manutenção e canalização quando necessário e, ao lado, preservaremos a mata nativa, onde futuramente será construído um novo bosque urbano, como o que vamos fazer também no prolongamento da Avenida sentido o bairro São José, com espaço para atividades e de lazer para as famílias e área de descanso para os motoristas de ônibus e vans. Estamos preparando a cidade para que Olímpia não tenha problemas de falta de infraestrutura que a gente encontra em outras cidades do nosso país”, concluiu o prefeito.

Novas Ruas

Pensando ainda nas obras estruturantes para a cidade, novas ruas e avenidas estão sendo projetadas, integrando o contorno viário já em andamento, com o objetivo de melhorar o fluxo de veículos e a mobilidade urbana. Sendo assim, uma nova rua deve ser construída embaixo da continuidade da linha de transmissão da Avenida Constitucionalista de 32 até a Vicinal Álvaro Marreta Cassiano Ayusso e, além disso, haverá ainda a duplicação da Avenida Benatti até o trevo, com pontes ligando os dois lados da via.

FURQUIM

Outras notícias

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites