Eventos

RIOPRETO SHOPPING - Artista cubista-abstrata Ana Claudia Aleixo faz mostra em Rio Preto

RIOPRETO SHOPPING - Artista cubista-abstrata Ana Claudia Aleixo faz mostra em Rio Preto

´Neste ponto, você não me conhece, mas conhece minhas formas` fica em cartaz no centro de compras até o dia 13 de dezembro

Artista visual que busca expressar o cotidiano e suas camadas através de uma linguagem cubista-abstrata, Ana Claudia Aleixo realiza, no Riopreto Shopping, até o dia 13 de dezembro, a exposição “Neste ponto, você não me conhece, mas conhece minhas formas”.



A obras que compõem a mostra tem como inspiração o filme de romance chileno “Tengo Miedo Torero”, de Rodrigo Sepúlveda, que retrata duas histórias paralelas, tendo como personagens principais La Loca del Frente, uma mulher velha e travesti que sobrevive através de trabalhos marginalizados, e Carlos, um jovem envolvido em movimento radical com o objetivo de promover um atentado contra Pinochet, ditador do Chile.

“A exposição é um convite que busca proporcionar ao público as observações do mundo concreto e mergulhar através de experiências reais por meio de expressões artísticas voltadas a linguagem do abstrato-cubista-minimalista. É a oportunidade de explorar a subjetividade de cada pessoa por meio de uma linguagem visual característica, mas também comunicativa”, comenta a artista, que se interessa mais por ter uma versão distorcida do que pintar uma retratação realista.

Além disso, “Neste ponto...” surge através de uma perspectiva pessoal de Ana Claudia e que se faz presente em um dialogismo entre o cotidiano e as questões referentes à condição enquanto pessoa negra e o racismo associado, fazendo com que o negro se torne visível apenas em contextos de marginalização social e invisível fora deste.

 

“É notório que no mundo da arte os nomes mais conhecidos são de homens brancos e há muito se questiona essa predominância. Dentro desse pensar, faz parte do meu fazer-artístico me apropriar de objetos do cotidiano e elementos fragmentados para a produção dos meus trabalhos”, destaca a artista. “Ao falar do silenciamento e da negação de uma vida plena à negritude, sobretudo às mulheres negras que sentem cotidianamente o machismo e racismo estruturais, a ideia do projeto é dar voz à luta pelo nosso aparecimento e emancipação social”, reforça.

A exposição “Neste ponto, você não me conhece, mas conhece minhas formas” foi viabilizada pela Lei Nelson Seixas – Edição 2023, fomento da Secretaria Municipal de Cultura de São José do Rio Preto.

Serviço:

Exposição ‘Neste ponto, você não me conhece, mas conhece minhas formas’, de Ana Claudia Aleixo

Até 13 de dezembro
Riopreto Shopping (Av. Brigadeiro Faria Lima, 6363)
Grátis

Outras notícias

LOJA DE INFORMATICA DA NEIA NO SHOPPING
Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites